Com o objetivos de pror e divulgar a Capoeira como manifestação cultural, por meio do intercâmbio, da articulação e confraternização entre diferentes pessoas, grupos e associações de Capoeira do Brasil e do Mundo, objetivando a troca de experiências e de conhecimento, a Associação Capoeira Sul da Bahia vai realizar pela nona vez  o Encontro Mundial de Capoeria, de 26 a 31 de julho deste ano.

 

 

O evento conta com o apoio da Prefeitura de Porto Seguro, por meio do Fundo Municipal do Turismo.

 

 

“Pra nós, é uma grata honra poder dar nossa contribuição, como gestão municipal, para a realização dessa manifestação cultural”, afirma Paulinho Tôa Tôa, vice-prefeito e secretário municipal do Turismo.

 

 

Ele acrescenta que é uma orientação do prefeito Jãnio Natal dedicar atenção especial aos eventos culturais no município.

 

 

O Encontro Mundial de Capoeira é uma idealização do Mestre Railson e atrai capoeiristas e simpatizantes de diversas cidades do Brasil e de vários países, como Chile, Peru, Argentina, Uruguai, Canadá, EUA, Alemanha, França, Itália, Espanha, Áustria, Suécia, Dinamarca, Portugal, Israel, Inglaterra e Burkina Faso, além de amantes da capoeira da Região Extremo Sul.

 

 

As oficinas, palestras, debates, cursos, exposições, mostra de filmes, campeonato de capoeira, apresentações, s artísticos, trocas de cordéis, formaturas de professores e mestres, serão realizados na Roça do Mestre no Alto do Villas, praças do Arraial e no quadrado de Trancoso.

 

 

“Esse é um momento único de reposicionamento da Capoeira no cenário político-social do país como instrumento de formação cidadã, ética, cultural, educacional e de promoção a integração cultural, social e também um bom momento de apresentarmos nosso potencial turístico e as expressões das culturas populares e tradicionais da região do Sul da Bahia”, conta o Mestre Railson, convidando a todos para o evento.