Foto: ASCOM PC

 

Uma grande operação da 1ª Delegacia Territorial de Porto Seguro, em conjunto com a Delegacia de Combate ao Tráfico de Entorpecentes-DTE, envolvendo mais de 30 policiais, foi deflagrada, na manhã desta segunda-feira, 30, para cumprir sete mandados de busca e apreensão e de prisão.

 

A operação denominada Soya, de acordo com o delegado Euler Gonçalves, logrou êxito em 4 prisões e uma grande quantidade de drogas (maconha, cocaína, haxixe, crack, pasta base, ecstasy), armas, aparelhos eletrônicos e dinheiro.

 

"Além do tráfico de drogas, a operação também investiga as quatro mortes recentes nas aldeias indígenas na região da Ponta Grande, estando os autores de duas delas já identificados e os mesmos encontram-se foragidos", acrescentou o delegado, informando que os procurados têm passagens pela polícia.

 

Organização criminosa atua no fornecimento de drogas às classes média e alta

 

Já o delegado da DTE, Ricardo Feitosa, explicou que a investigação mostrou se tratar de uma organização que atua na distribuição de drogas para as classes média e alta de Porto Seguro. "A operação constatou que esses criminosos são autônomos e não estão ligados às conhecidas facções que atuam na região", afirmou.

 

Entre as pessoas que foram presas na operação Soya, está uma funcionária da Câmara de Vereadores de Porto Seguro, que não teve o nome revelado. Sobre as mortes dos indígenas, já estão identificados os autores Alefi Porto de Souza, responsável pelo assassinato de Vitor Braz de Souza, e Patrick de Jesus Pereira, pelo assassinato de Íris Braz de Souza, tio de Vitor.

 

A operação elucidou também que Uelinton Conceição de Souza, morto há poucas semanas, dava abrigo a um dos foragidos e foi baleado antes de ser preso pela Polícia. Já a morte de Geferson Novais dos Santos, filho de Íris, está sendo investigada pela Delegacia de Santa Cruz Cabrália.

 

Segundo o delegado Euler, as investigações seguem e terão novos desdobramentos. "O trabalho conjunto da 1ª DT com a DTE está colhendo grandes resultados e o nosso compromisso com a população é trabalhar incansavelmente para combater o tráfico que resulta em tanta violência", afirmou.